CÁLCULOS PARA O FIM DO MUNDO
07/03/2021

 

Desde o início do Cristianismo, o fim do mundo sempre esteve muito próximo, mas, no decorrer de tantos séculos, sempre houve pessoas que fizeram cálculos com base em alguns eventos e encontraram datas que foram dadas como certas desse fim. 

 

Nem mesmo depois de dois mil anos da era cristã, deixaram de surgir operações matemáticas colocando o fim do mundo bem próximo.  E nem as passagens inócuas das datas marcadas têm efeito para dissuadir as pessoas da crença no fim do mundo.

 

As datas do fim do mundo são muito mais; mas vou mencionar aqui somente as que tiveram cálculos um pouco plausíveis religiosamente falando.

 

1000

 

Embora os evangelhos cristãos situassem o fim do mundo tão próximo que cristãos primitivos ainda devessem estar vivos, foram passando os séculos e as pessoas esperando esse fim iminente.  Mas o ano 1000 teria que ser um ano especial. Inadvertidamente, uns malucos pegaram um texto do Apocalipse que fala fala de mil anos e, sem base lógica interpretaram que esse isso seria o primeiro milênio da era cristã determinada pelo Calendário Gregoriano.  E isso levou a Europa a um caos psicológico enorme.  Ver O FIM DO MUNDO NO ANO 1000.

 

1844

 

O ano 1000 passou, as pessoas que se desfizeram de seus bens devem ter terminado a vida envergonhadas pelas bobagens que fizeram, mas não perderam a fé. Teria sido só um engano, mas o fim continuava próximo.   No século XIX, alguém encontrou, como sempre dizem os religiosos, "a verdade". O fim do mundo se daria 2300 anos depois de certo evento da antiguidade segundo o livro do Profeta Daniel, e os cálculos apontavam para 1843 do calendário cristão, depois, corrigindo um pequeno erro, a data ficou para 1844.  Assim como o ano 1000, 1844 passou sem nada de excepcional, e alguém fez uma nova interpretação chegando à conclusão de que aquele ano não era mesmo para o fim do mundo, mas para um evento ocorrido no céu, algo que ninguém poderia confirmar, e assim, o fim do mundo continuou próximo.

 

2000

 

Esse ano era muito esperado como o fim do mundo, havendo uma crença de que não chegaríamos a ele.  Pois acreditavam que, assim como os sete dias da semana, o mundo teria quatro mil anos quando teria nascido Jesus, dois mil anos completariam o sexto dia, sendo o sétimo o milênio de paz do Apocalipse, que seria precedido pela volta de Jesus.

Como Nostradamus sentenciou Centúria X, Quadra 72:
"O ano de mil novecentos e noventa e nove sétimo mês,
do céu virá um grande Rei aterrorizador:
Ressuscitar o rei d "Angolmois.
Antes de Marte dominar trazendo a felicidade",

imaginaram que o ano dois mil seria o começo dessa felicidade.

 

2004

 

Segundo um piramidólogo (estudioso de pirâmide),  a Pirâmide de Gisé tem uma passagem interna que conta a história da época de Abraão até o fim do mundo.  Contando uma polegada para cada ano, teria coincidido com muitos fatos importantes e seu final leva ao ano 2004.   Assim acreditaram que 2004 seria o colapso da humanidade. 

 

2012

 

2012 é o ano que termina um dos grandes ciclos solares, e isso foi registrado no calendário maia.  Visionários interpretaram ser o fim do mundo.

E, para completar, o famoso "Código da Bíblia" apontou 2012 como o ano em que um objeto estelar atingiria a Terra.

Como essas duas previsões apontando para o ano, esse foi o mais famoso de todos os fins do mundo, quando até muita gente importante do meio artístico embarcou nessa bobagem.

 

2018

 

Esse ano completou setenta anos do novo Estado de Israel.  Como até muitos cristãos pensam que o estado de Israel seja cumprimento de uma profecia que deveria cumprir-se após a queda de Babilônia, foi um ano bastante esperado para o fim do mundo.  2018 passou como os demais anos, sem nada de anormal, com exceção do Brasil, mas nada relacionado ao fim do mundo.

 

2020

 

Com base em previsão de Jeane Dixon, religiosos esperam o início da guerra do Armagedom em 14 de maio de 2020, que deverá ser seguida pela volta de Jesus. 

 

Alegando um erro de cálculo do calendário maia, outros visionários chegaram a colocar o fim do mundo 21 de junho de 2020.

 

E, por incrível que pareça, até Emmanuel Macron entrou nessa história como o ANTICRISTO! rs

 

O curioso é que um simples livro de ficção foi mais eficiente do que os videntes, prevendo uma pandemia viral em 2020 com duração de dois anos:

"Em 2020, quando a Terceira Realidade terminou de envolver todo o planeta Terra, uma pandemia global matou mais de três bilhões de terráqueos. Foi um momento muito caótico que durou dois anos. Era uma pandemia viral psicossomática que penetrava somente em corpos incompatíveis com a vibração de amor ao próximo."

É claro que não acertou o número de mortos, três bilhões, nem a qualidade das vítimas, mas fez muito mais do que os profetas. rs

 

Mas, nesse ano, parecia haver algo real que se temer: Um asteróide vinha em direção à Terra, podendo atingi-la.   Entretanto, nem havia: o asteróide, como já antes cientificamente informado, existe, mas passou a uma distância muito segura contra risco ao nosso planeta.

 

2033

 

Como acreditam que Jesus foi crucificado no ano 33, alguém imaginou que dois mil anos depois, 2033, todos os crentes irão receber o espírito santo, e logo Jesus volta.  rs

 

E depois?

 

Parece não haver mais data que se possa ligar a coisas bíblicas para marcar mais datas para o fim do mundo.  Mas, como essa gente é um tanto criativa, não podemos garantir que não surja mais datas certas e confiáveis como as que passaram até agora. rs